(34) 3313.8569    |   (11) 4512.3446   |   (34) 3312.3643

LUTANDO CONTRA O ACIDENTE

Apesar de alguns avanços recentes no setor, o Brasil ainda é o quarto país com mais acidentes de trabalho no mundo, superado apenas pela China, Índia e Indonésia. Todos os anos, somam-se cerca de 700 mil ocorrências, sem contar com os acidentes que não são contabilizados devido a diversas circunstâncias, como a ausência de registro do funcionário, por exemplo.
Nesse contexto, alguns especialistas criticam a recente reforma trabalhista que entrou em vigor este mês no país. Para eles, as novas estipulações não levam em consideração a importância de beneficiar os ambientes de trabalho, tornando-os mais seguros para os trabalhadores e reduzindo riscos ambientais.
Além disso, o cenário da segurança do trabalho no Brasil pode ser ainda pior do que os números mostram. Segundo alguns advogados especializados em Direito do Trabalho, as doenças ocupacionais são muitas vezes registradas como doenças comuns, e assim não entram nas estatísticas nacionais sobre acidentes e segurança do trabalho.
A realidade pode ser assustadora, mas reverter a situação e retirar o país do ranking mundial de acidentes está nas mãos de todos os trabalhadores e gestores de empresas do Brasil. É importante que os administradores se atentem para as Normas Regulamentadoras e busquem sempre respeitá-las em suas empresas, incluindo o fornecimento de Equipamentos de Proteção (EPIs) apropriados para o segmento de atuação.
Fonte: www.terra.com.br

- Grupo MEPI