(34) 3313.8569    |   (11) 4512.3446   |   (34) 3312.3643

AS PROFISSÕES MAIS PERIGOSAS DO BRASIL

Acidentes de trabalho são um problema presente em muitas áreas de atuação, mas alguns segmentos tendem a ser mais perigosos que outros, e ter conhecimento desses riscos é o primeiro passo para aumentar a segurança e reduzir a quantidade de ocorrências que levam a graves lesões ou com resultados ainda piores.
O Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho e o Anuário Estatístico da Previdência são boas fontes no que se refere a estatísticas sobre o número de acidentes de trabalho em cada setor, o que ajuda a construir um retrato da realidade sobre esse assunto no Brasil.
O segmento em que são registrados mais acidentes por ano é o de serviços, com 76.256 ocorrências. Em segundo lugar, surge a indústria extrativa e da construção civil, com 46.673 acidentes verificados. Na terceira posição, a indústria de transformação de metais e compósitos apresenta 44.808 registros.
E a lista continua: escriturários (40.371), exploração agropecuária (33.990), técnicos de ciências biológicas, bioquímicas e da saúde (29.718) e trabalhadores da fabricação de alimentos, bebidas e fumo (23.351) são alguns dos setores com maior risco de acidente de trabalho no nosso país.

- Grupo MEPI